Febre Amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa febril transmitida por mosquitos (Haemagogus spp., Sabethes spp. e Aedes ssp). contaminados por flavivírus com ocorrência na América Central, na América do Sul e na África. Os reservatórios para esses flavírus são primatas(principalmente macacos) que habitam aréas tropicais. É considerada uma das principais arboviroses hemorrágicas no mundo. Possui dois ciclos epidemiológicos distintos (silvestre e urbano). Tem grande importância em saúde pública, por sua gravidade clínica(taxas de letalidade) e potencial de disseminação em áreas urbanas. Estima-se que pelo mundo temos anualmente cerca de 200.000 casos de febre amarela com 30.000 óbitos.

Doença imunoprevenível, existe uma vacina altamente eficaz na proteção, disponível e indicada para descolamentos para regiões de risco da doença e para indivíduos residentes nessas aréas. Todavia temos inúmeras dificuldades na cobertura vacinal, além de pontos obscuros sobre a epidemiologia e fisiopatogenia da doença. A sua forma grave causa uma doença hemorrágica com sepse multisistêmica , febre, lesão hepática, renal e choque hemorrágico apresentando altas taxas de mortalidade.

A prevenção se faz com uma vacina que deve ser administrada pelo menos 10 dias antes da viagem para algumas aéreas. Além disso nem todos os pacientes podem tomar a vacina porque a mesma apresenta algumas contraindicações.